sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Passamos toda a nossa vida na triste ilusão do "somos", quando na verdade, apenas estamos.
A vida é muito dinâmica, não devemos nos apegar a nada e ( sei que vai doer)  nem a ninguém, porque tudo muda, tudo passa e, às vezes muito rápido.
Devemos praticar dia após dia a política do desapego. Desapego de tudo, inclusive e, principalmente de si próprio. Precisamos nos despir todos os dias daquilo que fomos e que já não somos, simples e puramente, porque estamos.

2 comentários:

  1. Obrigada amor por, mesmo eu andando distante da blogosfera, você não me abandonar. Dias desses li o seu livro tomando um café. Saudades de tu
    Xero

    ResponderExcluir