sábado, 5 de novembro de 2016

CONVIVENDO COM O MELASMA

Olá Pessoas!Antes da minha segunda gravidez eu tinha a pele de pêssego, mas depois que tive o Alê tive que aprender a conviver com o melasma e, acreditem, não é nada fácil. Muito pelo contrário, é uma luta constante contra as tais manchinhas indesejáveis que estragam ( e muito ) a nossa beleza. E, aqui pra nós, as descuidadas que nos perdoem, mas beleza é fundamental.
Tenho muitas amigas que têm o mesmo problema e, basta olhar a nossa volta para ver as manchas terríveis em muitas mulheres e em homens também. Melasma não faz distinção. E muitas vezes, procurarmos maneiras de escondê-las.
Para disfarçá-las, durante um bom tempo, usei maquiagem, mas com o tempo, vi que só piorava com o passar do tempo. Usei muitos cremes comprados em farmácia, remédios caseiros e chorei litros de lágrimas quando via que meu esforço não adiantava de nada.
Então, depois de quase duas décadas convivendo com a desgraça, digo, com o problema, aprendi a controlar as manchas sem a necessidade de usar ácidos todo o tempo, mas até chegar até aqui penei horroooooooores. Não vou contar toda a minha saga, porque daria para preencher as páginas de um livro e, não de um post. 
Antes de mais nada a dica de ouro é: não comprar cremes para manchas por conta e risco, porque estes podem piorar o que você pensa que já está péssimo. Não acredite em tudo que publicam na internet; pesquise fundo, estude, não seja preguiçosa. E, o mais importante, procure um bom dermatologista. Se você não tem um plano de saúde, existem em quase todas as cidades brasileiras clínicas populares, aonde temos excelentes profissionais a preços super, mega, hiper ultra baixos - que cabem em qualquer bolso. O meu dermatologista me indicou um creme à base de hidroquinona, sabonete glicerinado e um protetor com ácido kójico para o dia (tudo feito em farmácia de manipulação). Depois de muito tempo de tratamento, faz meses que não uso a hidroquinona, apenas o sabonete de glicerina e o protetor com ácido kójico ( este eu uso todo o tempo, até dentro de casa e à noite ). Para manter a pele sem as famosas manchas, uso o gel da babosa ( da folha mesmo, natural )  e a máscara de farinha de uva; passo a babosa no rosto limpo antes de dormir no lugar do creme hidratante e a uso a máscara da farinha de uva uma vez por semana. Tem a receita desta máscara super prática aqui no blog. Claro que tomo muito cuidado com o sol  - não saio de casa sem óculos escuros e guarda chuva, digo, guarda sol. Imaginem vocês ter que fugir do sol vivendo na Bahia... Todo castigo pra Titia é pouco kkkkkkkkkkk.
A verdade é que a minha pele vai muito bem obrigada e a auto estima da Titia toca as nuvens a cada vez que ela se olha no espelho. E isso, sinceramente meus queridos, não tem preço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário