sábado, 20 de julho de 2013

Fossa, Dor de Cotovelo e o "Presente"

Na blogosfera um post puxa outro. Falei a pouco que precisamos permitir que coisas boas e realmente novas aconteçam em nossas vidas e me lembrei de uma situação.
Muitas vezes vivemos um relacionamento e este não dá certo.  O ser amado vai embora levando uma parte nós consigo e ficamos perdidos, parados no tempo.
E o tempo - que parou pra quem ficou - continuou passando lindo e belo pra quem se foi. E um dia descobrimos que a pessoa amada está feliz amando uma terceira pessoa. Enquanto estávamos esperando uma possível volta, um regresso, o outro estava em "outra". Sentimos a porra do chão sumir sob nossos pés e entramos no abismo do caos total que é a fossa, a tão conhecida dor de cotovelo!!!!
E infelizmente isso acontece porque temos dificuldade de nos desgarrar do velho e vivenciar o novo. E o novo sempre vem todo o tempo, o tempo todo... nós é que estamos tão concentrados no passado que não nos permitimos experienciar o que nos é ofertado pelo "presente".
Repararam no trocadilho "presente"?! Pois bem meus queridos se atentem ao agora, pois ele nos é mesmo um "presente", uma oportunidade de tentar acertar e de tentar ser feliz apesar dos pesares. E acreditem, ser feliz é gostoso pra cacete!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário