quinta-feira, 9 de maio de 2013

Crack

Hoje assisti a uma reportagem no Jornal Hoje que me tocou profundamente por se tratar de um assunto muito forte e que hoje atinge todo o Brasil. Faz parte da realidade do país quer queiramos ou não: o crack!
Falou sobre usuários de crack, porém de uma forma diferente, porque exibiu o drama das famílias tentando resgatá-los das ruas. Foi emocionante - a própria Fátima Bernardes chorou. E lembrou à sociedade que aquelas pessoas têm mães, filhos e irmãos.
É importante a sociedade brasileira mudar a visão sobre esses dependentes químicos, pois o crack é uma droga avassaladora de recuperação difícil - quase que humanamente impossível e pode entrar em qualquer família e, enquanto os detentores do poder enxergar o problema como "um caso de polícia" mais e mais jovens serão arrastados de suas casas e ficarão perambulando pelas ruas das cidades como zumbis... 
Da próxima vez que passar por um deles nas ruas, é bom lembrar que aquele ser humano tem uma mãe, um irmão, um pai e uma casa e uma história de vida que o arrastou até ali.

Nenhum comentário:

Postar um comentário