quarta-feira, 10 de abril de 2013

Tem Quer Ter Borogodó

Reza uma lenda antiga que um post puxa outro, ou seria uma conversa puxa outra? Sei lá, mas é mais ou menos assim.
Como no post anterior falamos sobre beleza agora venho falar sobre borogodó. Quem de vocês nunca ouviu esta palavra?
Borogodó segundo os entendidos de plantão é algo que torna a pessoa irresistível, algo que empolga, algo especial de bom, mas pra mim é tão somente o tempero - o que torna o cabra gostoso por demais, sô. 
E se para o poeta beleza é fundamental para a Titia o fundamental mesmo é ter borogodó, pois de nada adianta ter beleza se não tiver borogodó. Se não tiver meu bem, não rola meeeeeeeeeeeesmo!!! 
E o borogodó é muito mais raro que a beleza, pois esta até pode ser adquirida com uma plástica aqui, uma melhorada no cabelo ali, um banhozinho de loja acolá e por aí. Mas o borogodó não: ou se tem ou não se tem, é algo que o dinheiro não compra de jeito nenhum. O Tom Cruise que o diga, coitado.
Infelizmente poucos são agraciados com este dom que Deus dá. É nato, benhê ou você nasce com ou tá lascado pro resto da vida, ou seja, jamais saberá o que é ter "borogodó". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário