sexta-feira, 8 de março de 2013

50 Tons de Cinza, Caso Eliza Samudio e Dia da Mulher

Olá Pessoas!!! Hoje é o Dia da Mulher e quero falar sobre duas coisas absurdas:
A primeira é o livro 50 Tons de Cinza se tornar campeão de vendas e mais absurdo ainda é que as mulheres são as grandes devoradoras desta porcaria, digo, deste best seller. Não sou culta, nem cult, muito menos quero parecer intelectual, pois é isso o que soa quando alguém fala mal de lixos como BBB ou 50 Tons de Cinzas. Fodam-se os rótulos; estou de fato cagando e andando para eles. O que quero deixar claro é que fico indignada com o auê que se faz em torno de uma história de um cara sadomasoquista que humilha uma mulher e a submete a ... melhor parar por aqui.
A segunda é mais triste, porque se trata também de violência contra a mulher, mas na vida real: o ex goleiro Bruno foi condenado a 22 anos e alguns meses de prisão pela morte de Eliza Samudio. Parece muito, entretanto em cerca de 3 anos estará nas ruas. Sua mulher Dayanne Souza foi absolvida. Mais uma vez assistimos atônicos a mais uma pseudo justiça. Segunda feira começa o julgamento do Caso Mércia Nakashima e, com certeza ficaremos igualmente indignados. 
Mediante aos fatos, ao invés de vir aqui deixar um hipócrita "Feliz Dia da Mulher", deixo uma palavra : REFLEXÃO!!!

2 comentários:

  1. As injustiças estão por toda parte.Um feliz dia da mulher pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente meu nobre poeta, porém não podemos ficar calados, achando que é normal, natural, pois não é.
      Obrigada!!!
      Um xero!!

      Excluir