quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Dois Fígados

Olá Pessoas!!! Todo início de ano fico meio introspectiva e, isso às vezes é horrível, pois chego a cada conclusões surreais...
Nós seres humanos temos uma dificuldade tão grande de filtrar as experiências ruins que seria bacana que nascêssemos com dois fígados: um para filtrar os alimentos e outro para filtrar as emoções e sentimentos ruins. Seria bacana, teríamos muito menos gente depressiva vagando pelo planeta.
É muito difícil esquecer as mazelas da vida. As coisas e pessoas boas que cruzam  nossos caminhos raramente são lembradas, ao passo que, as ruins... Vixe Maria!!! Viram traumas e perduram duas eternidades inteiras. A facilidade que temos para guardar sentimentos ruins é uma coisa realmente fora de série. É algo intrínseco do ser humano. 
Muitas vezes a vida nos presenteia de alguma forma e, por medo, precaução ou sei lá mais que picas, deixamos a oportunidade passar porque no passado em algum momento quebramos a cara em alguma situação semelhante - as que deram certo não contam, viu???
Tem um velho dito popular (ditados populares são pura filosofia) que diz: "Na vida,sempre  quando uma porta nos é fechada, sempre nos é aberta uma janela; mas é com tanto rancor que olhamos pra porta que se fechou que não conseguimos enxergar a janela que se abriu
 ". 
Portanto, toda vez que experienciar algo ruim, tente lembrar das coisas boas que aconteceram e procure se lamentar menos, afinal lamentação atrai energias negativas e pessoas idem. E como se diz lá pras bandas da capital: "lugar de se lamentar é no pé do caboclo!!!!".
Um xero!!!!

2 comentários:

  1. Todo ínicio é um ciclo que se abre, no caso de do novo ano o ciclo sempre traz junto o passado, que com certeza foi um aprendizado.Muita paz a você, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sábias palavras de um sábio poeta. Um xero meu querido e um ano repleto de paz e sucesso.

      Excluir