domingo, 12 de agosto de 2012

Dia dos Pais


Olá Pessoas!!! Ontem fui ao shopping comprar o presente do ex para os meninos darem no almoço de hoje. Eles fazem uma festa neste dia; almoçam juntos e invariavelmente vão pra algum lugar depois da comilança.Depois da separação costumo passar o dia com mamãe;como ela está viajando, passei sozinha. Comi meu prato de soja com legumes e subi pra dar uma olhada na blogosfera. Nem ia falar sobre a data, entretanto encontrei um comentário do amado amigo Arnoldo Pimentel e vi que precisava escrever, afinal eu tenho um pai, em um outro mundo, é verdade, mas sei que de lá ele me acompanha em todos os momentos. Como católica jamais deveria estar falando isso, entretanto, é o que sinto e não vou mentir para tentar agradar minha religião, não é esta a minha índole.
Perdi papai muito cedo. Eu era tão criança que nem sabia da irreversibilidade da morte - pensava que as pessoas morriam e voltavam alguns anos mais tarde, como se nada tivesse acontecido. Esta crença infantil me levou a escrever cartas e mais cartas para entregar todas quando ele voltasse. E eu contava tudo nestas cartas: as palmadas que mamãe me dava, as brigas com os meus irmãos e falava também sobre os natais, as notas que tirava na escola e as peripécias que eu fazia. Um dia descobri que ele não voltaria e senti muito ódio dele por ter ido para sempre. Daí comecei a escrever os diários  que acabaram dando origem ao blog.
Gentem!!! Eu não lembro o rosto do papai. Não lembro um momento nosso. Não lembro sequer se algum dia disse o quanto o amava. Não tenho lembrança alguma do meu pai. E isso é muito triste. O gozado é que não consigo reconhecê-lo nas poucas fotos que tenho, entretanto me recordo perfeitamente da sua voz. Isso é muito estranho pra mim.
Esse vazio acabou virando angústia e tive que passar por terapeutas na adolescência para superar a sua ausência. Nem sei se superei ou não. Nunca falo a respeito.Nem sei porque estou tocando neste assunto tão meu aqui neste espaço.Puro desabafo...
Tenho uma fotografia preto e branco dele dentro da minha Bíblia e todos os dias oro o Salmo 23 em voz alta para ele e lhe dou bom dia. É sempre assim que começa o meu dia.
Sei que ele está do meu lado todo o tempo, sinto sua presença e um dia sei que vou poder abraçá-lo (aviso aos que me odeiam que vai demorar muitooooo) e lhe falar do meu amor e do orgulho danado que sinto quando encontro algum dos seus muitos amigos e me contam casos antigos e dizem que era uma excelente pessoa, isso é o que vale, isso é realmente o que fica.
Um feliz Dia dos Pais ao meu velho, aos pais da blogosfera e um em especial a um cara que vai ser o pai mais maneiro da Bahia tooooda!!! Parabéns amigo, você merece!!!
Um xeeero!!!




6 comentários:

  1. TENHA CERTEZA QUE SEU PAI A ACOMPANHA SEMPRE BASTA UM PENSAMENTO PARA SE SINTONIZA COM OUTRA ESFERA,CARINHO E AMOR SEMPRE OS APROXIMARA.ABRAÇOS DE LUZ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza disso amiga e é esta certeza que alivia o vazio, ameniza a angústia e me acalenta a alma.É esta certeza que me acompanha todos os dias no decorrer destes anos e me faz sentir a presença do meu velho todo o tempo, principalmente nos momentos difíceis.
      Um xero e obrigada pelo carinho, viu?? Hoje realmente eu tô precisando de colo e de palavras amigas.

      Excluir
  2. Boa tarde querida flor...Saudades de ti, mas essa semana foi de muita correria, ansiedade e um certo jeitinho brasileiro para trabalhar de manhã e folgar quinta a tarde e sexta(Bienal). Agora ja voltei ao normal, sou eu de novo e como tal, não podia ficar sem te ler. PAI...O meu deve estar junto do seu, rindo muito dessas duas loucas do mundo virtual. Meu pai adorava escrever, mas no papel com caneta esferográfica, sensivel, não gostava de computadores. Adorava dançar e viajava nas suas historias. Me vejo como ele e sinto tua presença quando escrevo. Eu o amava e tive algumas oportunidades para dize-lo. Querida flor, quem sabe um dia não juntamos todas as familias e fazemos um Lual em outro mundo, espiritual...Quem sabe né?
    Bjinhos carinhosos e tamo junto! Te Amodoro demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai amiga quanta saudade. Me conta tudo da Bienal, viu??Tô torcendo por vc. Muitooooooo!!!
      Ai neguinha como é triste este dia pra sua amiga. Papai me faz uma falta imensa. Mas com certeza está junto com o seu em um lugar muito especial torcendo muito por nós e rindo muito das nossas loucuras. Um dia vamos nos reunir todos numa grande rede, porque no paraíso deve ter muitas redes e água de coco e livros e mais livros pra gente se deliciar de tanto ler.
      Um xero negona e vê se não desaparece.

      Excluir
  3. Isso mesmo,um dia você vai vê-lo outra vez.
    Ontem me partiu o coração ver minha cunhada chorando porque o pai já se foi.
    Parabéns para vc também,eu sei que você sempre foi um pouco de pai ensinando valores aos seus filhos ! bjs
    obs:Essa imagem de fundo do blog tá meio confusa com o índice de post que tbm é azul,eu ceguinha nem consigo ver.rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É amiga, sempre fui e continuo sendo mãe e pai pro Viny.
      Dry você sabe o quanto é especial pra mim, sabe o quanto te adoro e o quanto valorizo nossa amizade, não é minha linda? Tô cheia de saudades tuas.
      Vou mudar agorinha mesmo o plano de fundo do blog. Me fala se gostou depois.
      Um xeroooooo!!!

      Excluir