sexta-feira, 1 de junho de 2012

Tranqueiras

Olá Pessoas!!! Hoje marquei de sair com a Dry e aconteceu que caiu o maior toró aqui na minha cidade - e vamos combinar que sair na chuva é fim de carreira. Daí decidimos fuçar os brechós semana que vem. Marcadíssimo amiga.
Resolvi ficar em casa e aproveitar a boa vontade do meu amigo Izael e fazer uma faxina daquelas no cafofo da Titia. Gentem!!! Vocês nem imaginam quanta tranqueira tirei do quartinho de bugigangas; de  tênis a livro, passando por chinelos e cortinas de banheiro e sei lá mais o quê. Pilhas e pilhas de quinquilharias inúteis que encheram três caixas de lixo e algumas sacolas pra doação.
Gentem!!! Vocês já repararam que costumamos comprar mais do que realmente necessitamos? Já viram quanta coisa velha em desuso ocupa nossos armários e gavetas? Muita coisa que não nos serve mais e que ao invés de doar a quem precisa fica lá servindo de comida pras traças, juntando mofo e ocupando espaço. 
Olha pro seu armário , ou melhor pra sua geladeira. Gentem!!! Quanta comida é desperdiçada. Legumes, frutas,leite,pão, biscoito, embutidos, sem falar nas verduras... 
Vivemos a política do desperdício. Estamos na era do consumismo.Ligamos a televisão e nos oferecem de tudo. Daí vem o governo e reduz o IPI pra classe C  se enfiar no carnê ou no cartão de crédito. Pessoas que não têm uma casa pra morar, mas ostentam computadores e celulares de última geração - sem falar nos televisores de 40 polegadas. Tudo bem "duráveis" que não duram tanto assim. E vamos rezar para o governo nos sortear no " Minha Casa Minha Vida ".
Vivemos em prol  de ostentar. Pra mostrar pros outros que somos os tais, pois no frigir dos ovos em um mundo capitalista você acaba valendo " o quanto pesa ". Esquece-se por completo os valores morais. É o ter em detrimento ao ser. É uma total inversão de valores.
E nessa busca desenfreada da procura por aceitação - ninguém quer ser preterido, a única coisa que economizamos são os sentimentos, são as gentilezas. Já reparou que o amor e o bom dia são cada vez mais raros. Então passe a prestar mais atenção, cara pálida.
Gentem!!! Vamos reverter isso? Vamos reciclar? Não só lixo, mas vamos reciclar nossas bugigangas. Sabe aquela calça que não usa mais? Tenta fazer uma almofada ou uma bolsa estilizadas ou então dá pra alguém que precisa. E aquele arroz que sobrou do almoço  usa da criatividade e faz um risoto ou um bolinho ( adoooooro ), se vira minha filha que você não é quadrada!!!
E se formos mais adiante um pouco e tentarmos reciclar nossos amigos? Faça uma ligação para aquela sua velha amiga de infância que anda esquecida no armário da sua memória - eu já falei com a Sonia Nery hoje. E se formos mais adiante ainda e reciclarmos sentimentos? Diga a sua mãe, ao seu filho e ao seu bofe ( por que não a ele? ) o quanto o ama, o quanto é importante pra sua vida e o quanto faz falta quando não está perto. Vai te um bem tão grande...
E no mais, vamos parar de comprar por impulso. Até a natureza vai agradecer. E o seu bolso também. Sem falar que sua casa vai ficar mais limpa e mais espaçosa e você vai se sentir muito melhor, muito mais zen.
Um xeeeero!!!

2 comentários:

  1. Boa noite querida Titia,
    ja me programei para esse
    proximo feriado, fuçar tudo.
    Eu, minha nora, filho e filha.
    Tudo que não for usado faz tempo
    daremos um jeito...Papel é o que
    mais tem aqui em casa, da até para
    fazer uma fogueira de São João.
    Ops!! Tenho guardada uma garrafa de
    pinga antiga que ganhei de uma amiga
    e guardei, bora fazer quentão!!
    REvistas velhas, bijouterias em desuso,
    roupas que nem servem mais, meus livros...
    Ops!! Esses pode não!! rsrsrs. Mas valeu
    a dica, ja até sei quem vai entrar nessa
    baraganha, pois ja velho é melhor passar
    adiante...Sabe o que?? O marido! kkkkkkk
    Brincadeirinha, se mandar ele, terei que ir
    também, afinal, temos a mesma idade, estamos
    velhos e mofados...kkkkkkkk...Enferrujados,
    kkkkkkkkkkkk. Adorei e vou por em prática!
    Bjinhos e fique bem!! Te amodoro!
    Ah, quer uma doação? Meu coração, aceita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gentem!!! Conheço milhares de pessoas que me fazem falar hoooooorrores, isso é fato. Mas raridade é encontrar alguém que me faça calar. Simone, minha amiga, tu é milagreira: me fez emudecer duas vezes em pouco mais de 24 horas. É mole? Fui lá no Meu Modo Suave de Escrever cheia de agradecimentos e coisa e tal. Quando chego leio uma poesia lindíssima que me fez descer a ladeira com uma menina cheia de graça e toda faceira. Me senti no Pelourinho, acredita? Gentem é uma poesia tão linda e tão singela que perdi o rebolado e mais uma vez fiquei sem palavra.
      Aceito seu coração, com certeza, mas tem que ficar com o meu também. E para comemorar a gente toma o quentão - que amoooooo!!!
      TE AMODORO negona, de ♥!!!
      Xeeeeero!!!

      Excluir