sexta-feira, 29 de junho de 2012

Roberto e Erasmo

Olá Pessoas!!! Tenho um gosto musical extremamente eclético - vou de Vivaldi a Bezerra da Silva, passando por Belchior, Maria Bethânia, Jack Johnson e Jorge Ben Jor. A música, assim como o cheiro, tem o poder mágico de nos fazer viajar através do tempo. É impressionante como marca. Tano momentos bons quanto os ruins. 
Papai se foi em um domingo, eu era muito criança, mas marcou tanto que até hoje lembro a música que o meu irmão e eu estávamos escutando. Assim como lembro da música que ouvia quando estava grávida do Viny . A música toca e deixa sua marca na vida da gente.
Aqui no Brasil temos excelentes compositores, infelizmente nossa cultura de massa é que não valoriza o que realmente é bom e o que realmente presta. Fazer o quê?
Raramente escuto rádio. O que é bom raramente é tocado. E o meu ouvido, sinceramente, não é penico.Me recuso a ouvir merda. Detesto Michel Pior, Luan Santana e demais representantes de um gênero que chamo " sertanojo ". Nem digam que estou me contradizendo , gosto de tudo um pouco, mas não suporto lixo!!! Me digam uma música dessa cambada piorzinha que será lembrada daqui há dois anos.
Música boa vai de geração em geração, ultrapassa épocas e sobrevive às mudanças. Música boa é cantada em qualquer estilo e continua emocionando, tocando o coração de quem escuta.
Hoje estava fuçando (adoooooro este termo) umas pérolas que tenho no meu cartão de memória e ouvi um exemplo de canção assim.Foi composta por Roberto e Erasmo Carlos há mais ou menos 248 anos atrás e  ganhou algumas roupagens interessantes e ficou linda em todas elas. A primeira é com a banda de rock ( que amoooo ) Ira,Hoje estava fuçando (adoooooro este termo) umas pérolas que tenho no meu cartão de memória e ouvi um exemplo de canção assim.Foi composta por Roberto e Erasmo Carlos há mais ou menos uns 248 anos atrás e  ganhou algumas roupagens interessantes e ficou linda em todas elas. A primeira é com a banda de rock ( que amoooo ) Ira, a segunda   com o meu ídolo Zeca Baleiro e a terceira  com a dupla sertaneja (reparem bem,falei ser-ta-ne-ja) Rio Negro e Solimões . "Sentado a beira do caminho" para todos os gostos e todos os estilos. Um mimo pr'ocês:
Ah,não gosta do Roberto? Problema seu. Como diria o meu irmão mais velho ,o João: Gosto não se discute; lamenta-se... Aproveita vai na esquina e compra um gillette...
Um xeeeeero!!!




2 comentários:

  1. Boa noite...Voce me fez lembrar de uma amiga vizinha que se mudou para um pouco mais longe e deixou saudades...Ela conseguia saber como estava meus animos só de escutar as musicas que eu ouvia...Gritava do quintal, que da de frente com minha janela da cozinha, ei Simone, o que houve? Porque esta triste? ou então...Hoje o bicho vai pegar, tu ta brava demais!! Eita que a limpeza da casa hoje vai ate tarde...e por ai vai! Me conhceia atraves do tipo de musica que eu ouvia. Sou eclética tambem, mas para ouvir a boa musica...No momento, a Fernanda Takai, Adele, Paula Fernandes e Daniel, povoam a minha mente...Ai,ai...Adorei como sempre te ler...Bjinhos carinhosos...Te Amodoro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Negona uma música boa é tudo de bom!!! Te contar um segredo: Tem duas músicas que marcam a minha história com meus bebês. Com o Viny é Baby Cah I Hold You da Tracy Chapman e com o Alê é Gentileza da Marisa Monte.
      Tem uma versão dessa música que postei " Sentado a Beira do Caminho" com o Erasmo e a Fernanda Takai que tenho certeza que vai amodorar ( roubei pra mim rs ).
      TE AMODORO!!!!
      Um xerodo tamanho da Bahia.

      Excluir