segunda-feira, 23 de abril de 2012

Muito Triste

Olá Pessoas!!! Queria eu estar aqui falando minhas costumeiras bobagens, xingando os chatos de plantão ou contando alguma novidade realmente muito boa e realmente nova , entretanto a vida é maravilhosa, mas nem sempre é bela, nem sempre é só flores; por vezes encontramos espinhos pelo caminho e são estes espinhos que nos fazem refletir, nos fazem meditar e, outras tantas nos fazem chorar por nós ou pelo próximo. A pessoa  que não consegue sentir empatia, que não consegue sofrer ou ficar alegre em função do outro e que não tem sensibilidade necessita  olhar pra si mesma e verificar o que de fato está errado consigo, porque falta um muito de humanidade e, é esta humanidade que nos aproxima de Deus. Pois somos todos filhos do mesmo Pai, portanto irmãos, e na hora da dor temos que procurar ajudar de alguma forma, mesmo que seja só por uma simples oração. E não estou sendo demagoga, tenho mil defeitos,nunca tive pretensão de ser santificada em vida - muito pelo contrário; sou uma violadora de regras, sempre fui e  amo ser assim, porém quando se trata de algo que me toca no fundo, sofro mesmo e procuro ajudar de uma forma ou de outra. Me entrego inteira, pois não gosto de fração. Sofro mesmo, por mim e pelo próximo: Me coloco no seu lugar, me imagino vestindo sua pele, passando por aquela determinada situação. Às vezes precisamos nos despir do egoísmo, viu? Sair do nosso mundinho e pensar   no   irmão.   Vamos aos " causos "?
Hoje vi duas notícias extremamente tristes. Ambas envolvem jovens: a primeira foi sobre o estado de saúde do filho do cantor Leonardo que se agravou bastante e a segunda foi a respeito de cinco jovens do Espírito Santo que vinham para o aniversário da mãe de um deles na cidade de Prado , no extremo sul da Bahia e simplesmente desapareceram, sumiram, evaporaram sem deixar pistas. Gentem!!! Tenho dois filhos e sei o quanto uma mãe e um pai sofrem por um filho.  Quando os meninos adoecem fico desesperada e muitas vezes me vejo pedindo a Deus para estar no lugar deles.Imagine como não está o Leonardo vendo o filho em coma sem poder fazer absolutamente  nada. Quem já teve um parente na uti sabe a dor e o desespero que é. Há cerca de um mês perdi uma prima em um acidente e foi um sofrimento pra família. Há alguns anos tive uma outra prima internada na uti, ela ficou exatos quinze dias e não resistiu. Não queiram saber o que a família passa, é muita dor,muito sofrimento.Todos ficam em estado de alerta, a sensação é que a família toda entrou em coma. É horrível !!!  Estou orando para que este rapaz sobreviva, não o conheço, e sinceramente nem gosto das músicas do pai dele,mas penso na dor que está sentindo e estou torcendo muuuuuito pela vida do jovem, que por sinal é muito parecido com o meu mais velho. Quanto aos jovens desaparecidos... como não estarão seus pais sem saber o que de fato aconteceu? A angústia deve ser imensa. Nunca perdi um filho e peço a Deus que eu não sobreviva a eles, quero que eles me enterrem. Sei que é até egoísmo da minha parte, contudo o amor muitas vezes é um sentimento egoísta.  A Soninha devolveu sua filha pra Deus e sabe a dor que enfrentou e que enfrenta todos os dias, graças a Deus é uma pessoa espiritualizada - quem conhece seus blogs sabem do que estou falando. A Valéria Teixeira,nutricionista e amiga,lindíssima , também passou pela mesma dor e deu a volta por cima. Amigas sou  fã pela força que tiveram e, sobretudo por  não perderem  a doçura diante do sofrimento. Embora saibamos que não é fácil e o quão sofreram e sofrem... 
Todos temos nossa carga de sofrimento, mas também de solidariedade e de compaixão. Isso nos faz humanamente belos e ímpares. Temos coração e alma. Não somos ocos por dentro. Somos repletos de sentimentos bons.
Peço a todos vocês que orem pela saúde destes jovens,tão cheios de vida e de sonhos. Vamos pedir muito a Deus, porque acredito que muitas preces,muito pensamento positivo funcionam. E tudo o que fazemos retorna pra nós em bênçãos. É a lei do retorno. Vamos ser solidários?
Um xero viu?

6 comentários:

  1. Olá, muito obrigada plo seu convite vc, é muito gentil! Quem sabe...eu e o meu marido ainda não conhecemos o brasil.
    Beijos
    Alice.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Venham sim, serão muito bem-vindos, o Brasil é um lindo país de um povo muito bom e hospitaleiro.
      Um xeeeeeero enorme pra ti!!!

      Excluir
  2. Amiga, muito obrigada pelo carinho.Hoje completam 12 anos que a minha Di se foi, deixando um vazio que jamais será preenchido, uma dor e uma saudade que jamais passarão.
    Ainda há puco vi na Record que os cinco jovens foram encontrados mortos,infelizmente. Deus conforte estas famílias e os bons Espíritos os recebam na espiritualidade, em clima de paz.
    Estamos orando e vibrando pelo Pedro e sei que Deus dará o que for melhor para a sua evolução.
    beijinhos de luz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que chato, triste mesmo. Nos resta torcer pelo Pedro. Vou orar hoje pela sua Di, viu? Tenha a certeza que ela está em um bom lugar olhando pra vc todo o tempo. Vc é espiritualizada e com certeza sabe disso.
      Amiga um beijão enorme que Deus te conforte, e abençoe e continue te iluminado sempre.
      Um xeeeeero!!!

      Excluir
  3. Boa tarde minha querida!
    Tenho acompanhado os noticiários e me entristecido como vc.
    Depois que nos tornamos mães, passamos a ter uma dimensão maior do que outras mães passam e não estamos imunes a nada.
    Estamos tão sujeitos ao que os outros passam como a natureza ao sol.
    Vc por trás deste barulho todo que escreve, esconde um coração sensível, solidário, do bem e cheio de compaixão.
    Quanto mais te conheço mais eu gosto de vc.
    Paz no seu coração!
    Um abraço apertado.



    "Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade, desfrutar desse amor absolutamente sem fraudes, nunca será perda de tempo. O essencial faz a vida valer a pena."[Rubem Alves]

    ResponderExcluir
  4. Amiga eu li o livro da Lucinha Araújo " Só As Mães São Felizes " e fiquei muito sensibilizada. De fato só depois da maternidade sabemos a dimensão do amor, pois como repito sempre " o amor de mãe é o que mais se aproxima do amor de Deus ",com a maternidade nos tornamos mais sensíveis às dores alheias. E hoje quando vejo tragédia com jovens, logo me vem na cabeça suas mães, as dores destas mulheres.
    Sou mãe de dois meninos e sempre fui maluca, mas depois deles me tornei uma maluca beleza, uma pessoa melhor.
    Amiga não me canso de te agradecer pelo carinho. Te adoro do fundo do meu coração e você sabe que é sincero.
    Um xero e vamos orar pela família destes jovens que estão passando por este momento tão doloroso!!!

    ResponderExcluir