sábado, 3 de março de 2012

Outra Vitória

Gentem!!! Eu sempre evito falar de minha família e quando cito o nome de algum amigo neste espaço, acreditem que pedi autorização antes. Entretanto, devido ao fato que aconteceu esta semana vou falar de filho, de muita coisa que está presa nesta garganta.
Sou uma mãe realizada hoje, pois minha história com meu filho mais velho é muito ímpar, muito nossa; sou o pai e a mãe dele. Criei sozinha meu pequeno. Fui com ele nos braços para São Paulo de carona de caminhão. Passei um aperto dos diabos. Lembro que uma música que marca muito este pedaço de nossas vidas é " Wild of Change " do Scorpions, tocou na Ponte Rio-Niteroi, quando passávamos sobre ela. Ela fala de mudanças e era justamente isso o que nos impulsionava naquele momento. Bem meu filho cresceu , é um cara íntegro, do bem. Esta semana ele começou a cursar a faculdade de Direito e eu peço a Deus que dê forças a ele, para não desistir. Estou toda orgulhosa, principalmente porque houve muita gente que não acreditou que uma louca como eu tivesse a capacidade de educar um cidadão digno, graças a Deus fui contra todas as previsões pessimistas! É muito difícil para uma mulher criar um filho sozinha. Quando dá certo, as pessoas dizem: o que é bom já nasce feito. Contudo, quando dá totalmente errado e o pequeno se transforma num marginal, todo mundo repete em uníssono: só podia dar nisso, pela mãe que tem. Já pararam pra parar que é exatamente assim? É o infeliz do preconceito que tem contra mães que, como eu, arregaçaram as mangas e partiram pra luta pra criar seus filhos sozinhas. Se você é mãe solteira, ou foi abandonada pelo marido ou namorado, não baixe a cabeça diante da vida; igual a você, há milhares de guerreiras, que partem pra luta e alcança a vitória. E esta faculdade do meu filho é uma vitória dele,mas é muito minha também, muito nossa.
Um xero da Titia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário