terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Possibilidades

Gentem!!!Sei que depois que lerem esta postagem vão me jogar na parede, falar que a Titia repete sempre as mesmas ladainhas e tal , que a Titia está sem assunto e posta qualquer porcaria só para encher linguiça.Podem falar, é um direito de vocês. Mas como isso aqui é quase um diário, escrevo sobre o que ouço e vejo nos meus dias. 
Bem, começo falando sobre o poder das palavras. Quantas vezes queremos muito uma coisa e dizemos: " mas  como eu queria..." Porra!!! Você já se sentenciou ao fracasso sem perceber. Ou " gostaria, poderia, falaria, faria..." Esqueça o tempo verbal futuro do pretérito. Nunca se condicione. Seja o senhor das suas palavras. Diga " eu quero"  "eu posso" " eu faço". De que forma vai acontecer, só Deus sabe, mas você com certeza já deu o primeiro passo. 
Uma vez eu li nem lembro onde uma frase que dizia mais ou menos assim: " tudo é possível; o impossível, apenas demora mais". Nossa como essa Titia é demagoga! Quem me conhece, sabe que não sou, deixo isso para os políticos que são bem mais inteligentes que eu ( e cara de pau também ). Às vezes essas filosofias de traseira de caminhão trazem  mais ensinamentos que muitos livros de gente metida a besta que diz conhecer a fórmula da felicidade; como se ela fosse embalada e vendida no mercado... Não, não é. Entretanto, podemos melhorar nosso mundo, tendo uma visão mais positiva a respeito da vida. Tem pessoas que a-do-ram superdimensionar seus problemas, ao invés de direcionar suas forças em busca de uma solução. Sentem prazer com o sofrimento, acredito que gostam de ser rotuladas de coitadas...
Gentem!!!! Pareço o Forrest Gump ( cruza-se Madame Min com Forrest Gump e sai a Titia) ; adoro contar histórias. Essa eu inventei e sempre conto às minhas amigas. Creio que já devo tê-la contado umas quinhentas vezes:
Era uma vez dois homens que tinham uma banca de frutas no pé de uma ladeira. Um dia, veio um caminhão desgovernado e destruiu a ambas. Chico, o dono da primeira barraca, chorou, chorou , chorou e se lamentou e chora e lamenta até hoje - tadinho dele! Francisco, o dono da segunda, levantou-se e com algumas frutas amassadas, fez polpa e colocou uma banca de sucos. Fez tanto sucesso que hoje já tem uma lanchonete. Se aquele caminhão não tivesse aparecido em sua vida, continuaria com sua banquinha até hoje, no entanto lhe abriu outras oportunidades e hoje vive mais feliz com seu novo negócio.
Gentem!!! A Titia criou uma parábola!!! Nooooosssssaaaaa!!! Sei que é meio chifrim, mas é assim na vida. De repente uma coisa ruim acontece para que uma muito melhor venha até nós, só que muitas vezes a decepção e,  sobretudo, o diabo do pessimismo nos impede de enxergar o que nos é presenteado pelo destino.
Portanto, não passe a vida a lamentar-se. Procure estratégias para mudar o imutável, vencer o invencível e superar o insuperável. O prefixo in, precisa ser quebrado, vencido, esquecido. Morto e enterrado. Ponto final.
E pro inferno quem disser o contrário!!!
Um xero da Titia

4 comentários:

  1. Nossa!!!!Adoro essa sua parábola amiga...lembro da primeira que vc me contou...

    ResponderExcluir
  2. Lembra amiga? Pois é, hoje tive a coragem de publicá-la. Espero que muita gente goste e, sobretudo que guarde algum ensinamento útil.
    Xero da Titia

    ResponderExcluir